Um juiz, no Reino Unido, proibiu a divulgação do nome de dois vereadores que foram intimados para aparecer em tribunal depois de não terem pago os impostos municipais durante dois anos seguidos.

Durante 18 meses foram várias as tentativas para desmascarar os políticos, um do Partido Trabalhista e outro conservador, que foram intimados depois de terem falhado o pagamento de mais de quatro mil euros em impostos.

No acórdão, o juiz Robin Callender Smith, em conjunto com dois membros do tribunal, decidiu que os nomes não deveriam de ser divulgados, alegando que «na posição onde estavam podiam legitimamente esperar que os seus nomes não fossem divulgados».