O primeiro-ministro britânico, David Cameron, fez esta quarta-feira um apelo de última hora aos eleitores escoceses para que digam "não" à independência no referendo marcado para a próxima semana.

Num artigo publicado no jornal «Daily Mail», antes de uma visita à Escócia, Cameron adverte os escoceses para o «salto no escuro» que a independência representa.

«O Reino Unido é precioso e especial. Isso é o que está em jogo. Por isso, não se deixe que alguém na Escócia tenha qualquer dúvida: Nós queremos desesperadamente que fiquem; não queremos que esta família de nações seja dividida em partes», escreveu David Cameron