O rei de Espanha, Juan Carlos, estará ausente da cerimónia de coroação do filho, Felipe, a 19 de junho, anunciou esta quinta-feira a Casa Real, que pretende assim «dar um papel mais importante» ao novo soberano.

Contudo, «está previsto» que Juan Carlos acompanhe Felipe VI e a nova rainha Letizia quando estes saudarem os madrilenos a partir da varanda do Palácio Real, depois de atravessarem de carro a cidade, indicou um porta-voz da Casa Real.

O rei de Espanha, de 76 anos, anunciou a 2 de junho a decisão de abdicar após quase 39 anos de reinado, os últimos dos quais foram marcados por múltiplos problemas de saúde e escândalos, como o processo judicial que visa a sua filha mais nova, Cristina.

Presidente do governo regional da Catalunha confirma presença

O presidente do governo regional da Catalunha, Artur Mas, confirmou à agência lusa que assistirá à proclamação do novo rei de Espanha, Felipe VI, «em nome das relações institucionais» entre a Catalunha e Espanha.

«Entendi que era melhor para as relações institucionais entre a Catalunha e Espanha que estivesse presente na cerimónia», disse Artur Mas à Lusa durante um encontro com jornalistas estrangeiros em Barcelona, adiantando que cancelou parte de uma deslocação aos Estados Unidos para incluir na agenda a proclamação de Felipe VI.

«É importante que existam atitudes de boa vizinhança e respeito institucional», disse o presidente do governo regional catalão.