O rei Juan Carlos de Espanha, acompanhado da rainha Sofia e do seu sucessor, presidiu este domingo à sua última cerimónia militar, despedindo-se oficialmente dos militares com uma receção no Palácio Real, para assinalar o Dia das Forças Armadas.

Descontraído e sorridente, e a poucos dias de entregar o trono ao filho, o rei recebeu os cumprimentos dos 180 convidados ao lado da rainha Sofia, e dos futuros reis de Espanha, os príncipes das Astúrias Filipe e Letizia, e, segundo a agência espanhola EFE, brincou com a sua abdicação ao reino com o ministro da Defesa Pedro Morénes, também presente.

Há muitos anos que o Palácio Real não recebia esta cerimónia no Dia das Forças Armadas. Apesar de as principais cerimónias para assinalar a data em 2013 terem decorrido em Madrid, tiveram um formato mais contido e austero. Em anos anteriores o dia foi assinalado em outras comunidades do país.