O presidente ucraniano, Petro Porochenko, ordenou a abertura de corredores humanitários para permitir que os civis deixem as zonas de combate no leste do país, anunciou esta terça-feira a presidência no seu site.

«Para evitar novas vítimas na zona da operação antiterrorista, o presidente ordenou aos dirigentes das forças da ordem que criem todas as condições necessárias para os civis que queiram partir», indicou a presidência em comunicado.

Porochenko encarregou o governo de organizar o transporte, a alimentação e os cuidados médicos e ordenou às administrações locais que alberguem os deslocados.