"Parece evidente que é preciso fazer muito mais na origem, quer em relação à paz na Síria e na criação de condições para que os sírios que estão na Turquia, no Líbano ou na Jordânia possam ter as crianças na escola e acesso ao mercado de trabalho e isso só se esses países receberem um apoio muito significativo, o que até agora não tem acontecido", considerou.















"A comunidade humanitária encontra-se hoje financeiramente falida, não no sentido de que as organizações vão fechar as portas por falta de dinheiro, mas de que não têm hoje capacidade de responder às mais elementares necessidades de proteção e de salvaguarda da vida humana", afirmou.

Guterres pede diplomacia para a paz num mundo com relações caóticas


"A palavra que descreve hoje a relação de forças à escala internacional é 'caótica'".