Seis crianças morreram afogadas em dois novos naufrágios perto da costa da Turquia, esta sexta-feira. As embarcações transportavam 75 refugiados que tentavam chegar à Grécia.

Depois do corpo de uma menina síria ter sido encontrado na cidade de Bodrum, devido a um naufrágio na passada quarta-feira, as autoridades turcas informaram que, em menos de uma semana, outros dois barcos se afundaram provocando a morte de mais seis crianças.

De acordo com a AP, um pequeno barco de madeira, que transportava 20 refugiados até à Ilha de Kos, na Grécia, naufragou esta sexta-feira. Apesar de grande parte dos passageiros ter sido resgatada, duas irmãs, uma com quatro anos e outra com 12 meses, afogaram-se. As suas nacionalidades ainda não são conhecidas.

Apenas algumas horas depois, uma embarcação que, tinha partido da Síria e do Afeganistão e que transportava 55 refugiados, teve o mesmo destino. O naufrágio ocorreu perto da cidade de Ayvacik e quatro crianças afegãs perderam a vida.

Desde setembro, mais de 70 crianças morreram a tentar chegar à Grécia, a partir da Turquia. Há apenas dois meses, outra rapariga síria, de cinco anos, perdeu a vida nas mesmas circunstâncias, depois do naufrágio de uma embarcação, onde viajavam 26 refugiados.

Há três meses, o mundo comoveu-se com uma imagem que circulou pela Internet, que mostrava o corpo,  Aylan Kurdi, um menino sírio de três anos, que morreu ao tentar chegar à Turquia, com a família.