a imagem

“Quando vi Aylan Kurdi o meu sangue congelou. Mas não havia nada a fazer. Estava ali um cadáver com uma camisola vermelha levantada e umas calças azuis. Não havia nada que pudesse fazer por ele. Sabia-o pela ausência de qualquer grito.”






"Dor e tristeza."

“Antes de apertar o botão senti uma grande dor e tristeza. Depois, tínhamos que mostrar aquele drama. O meu trabalho é tirar boas fotografias e fazê-lo o melhor que possa.”


"Gostava que a minha fotografia ajudasse a mudar o curso das coisas."