Mais de 4.000 migrantes foram resgatados no Canal da Sicília, no Mediterrâneo, durante o fim de semana de natal em várias operações conduzidas pela Marinha militar e a guarda costeira italianas, divulgaram hoje as autoridades locais.

Entre sexta-feira e domingo, “mais de 3.000 pessoas foram resgatadas em 28 operações”, referiu o comandante-geral da guarda costeira italiana, almirante Vincenzo Melone, num comunicado.

Hoje de manhã, um outro grupo de 931 migrantes chegou ao porto de Palermo (Sicília, sul de Itália) a bordo de um navio mercante norueguês.