Cerca de 1.100 migrantes foram resgatados no domingo em onze operações de socorro no Canal da Sicília coordenadas pelas autoridades italianas, informou a Guarda Costeira, citada pelos órgãos de comunicação locais.

Os migrantes estavam em onze embarcações e foram recolhidos por três unidades da Marinha italiana através do dispositivo “Sea sure” e pelo navio da ONG Open Arms, segundo a emissora pública Rai.

As operações de resgate foram coordenadas, além da Guarda Costeira, pelo Ministério de Infraestruturas e Transportes.