Numa operação de patrulha, as autoridades marítimas avistaram um barco virado ao largo da ilha de Kos, na Grécia. A embarcação transportava cerca de 20 pessoas. Pelo menos nove morreram, segundo a imprensa local. 

Até agora, foram localizados os corpos de quatro crianças, quatro mulheres e um homem. Sete pessoas foram resgatadas com vida e não há ainda informações exatas sobre o número de desaparecidos.

As operações de busca ainda estão em curso, envolvendo a autoridade portuária local e, ainda, um helicóptero.

Mais de 600.000 refugiados e migrantes têm realizado a perigosa viagem pelo Mediterrâneo até alcançarem a Grécia e, daí, partirem para outros países da Europa. 

Só em outubro, e segundo os números oficiais, quase 400 refugiados e migrantes morreram nessa travessia, segundo os dados hoje divulgados pela Organização Internacional para as Migrações (OIM).