O ex-campeão paralímpico Oscar Pistorius foi libertado esta segunda-feira sob fiança depois de ter sido condenado na quinta-feira pelo assassinato da sua namorada em 2013.

"O caso é adiado até 16 de abril de 2016. O requerente é libertado sob fiança de 10.000 rands [cerca de 636 euros]”, anunciou o juiz presidente Aubrey Ledwaba do Supremo Tribunal de Pretória.


Anteriormente, o advogado do atleta, Barry Roux, tinha anunciado que Oscar Pistorius iria recorrer para o Tribunal Constitucional sul-africano da condenação pelo assassinato da Reeva Steenkamp, que pode resultar numa pena de, pelo menos, 15 anos de prisão.