Milhares de pessoas estão a abandonar a cidade de Bor, no Sudão do Sul, temendo um ataque das forças rebeldes, segundo as Nações Unidas.

«Milhares de civis estão a dirigir-se para norte, na estrada para Juba», a capital, adiantou Martin Nesirky, um porta-voz da ONU, acrescentando que o número de pessoas instaladas no complexo das Nações Unidas em Bor, capital do estado de Jonglei, diminuiu de 17 mil, na semana passada, para oito mil, contabilizados nesta segunda-feira.

No total, ascendem a 75 mil as pessoas que já procuraram refúgio nas instalações da missão da ONU no Sudão do Sul, adiantou o presidente em exercício do Conselho de Segurança da ONU, o embaixador francês Gérard Araud.