As duas jovens, de 12 e 14 anos, estão acusadas de perseguir física e virtualmente Rebecca, entre os meses de dezembro e fevereiro, altura em que estudavam na mesma escola, no centro da Florida, EUA, de acordo com a imprensa internacional desta quarta-feira.

Em causa estaria uma relação passada de Rebecca com o namorado atual de uma das jovens.

Testemunhas afirmaram à polícia que a vítima recebia mensagens privadas onde era chamada de «feia» e nas quais lhe era instruído que «bebesse lixívia e morresse», encorajando-a a suicidar-se. Ambas as jovens também ameaçavam fisicamente Rebecca, tendo mesmo chegado a concretizar as ameaças numa ocasião.

No passado sábado uma das agressoras publicou uma mensagem no Facebook, onde dizia saber que as suas ações de bullying tinham conduzido à morte de Rebecca, mas que isso não lhe interessava.

«Yes I know I bullied Rebecca and she killed herself, but I don't give a f..k», lia-se no original.