O primeiro reator nuclear foi hoje reativado no Japão, mais de quatro anos depois do acidente na central de Fukushima, que suspendeu a atividade em todas as centrais do país desde setembro de 2013.

“O reator número 1 da central de Sendai – a 1.000 quilómetros a sudoeste de Tóquio – foi reiniciado às 10:30 locais (02:30 em Lisboa), disse à AFP um porta-voz da empresa Kyushu Electric Power.

O reator deverá começar a gerar eletricidade na sexta-feira, a qual será explorada comercialmente a partir de setembro, segundo a companhia.