Pelo menos duas crianças morreram esta noite na sequência de um sismo que abalou o leste da República Democrática do Congo, informa a agência de notícias France Presse.

Houve um “tremor de terra esta noite (…) no leste da RDCongo, de magnitude 5,6 na escala de Richter” e “uma casa desabou” perto do aeroporto de Bukavu, “causando a morte de duas crianças”, disse Lambert Mende, porta-voz do Governo, numa mensagem á imprensa.

Bukavu é a capital da província de Kivu do Sul, onde um sismo fez sete mortos em 2008.

Houve um “grande susto em Goma”, capital da província vizinha do Kivu do Norte, “mas o epicentro do sismo situou-se no lago Tanganica, perto de Bukavu, segundo o Observatório Vulcanológico de Goma”, sublinhou Mende.

Um jornalista da AFP em Bukavu indicou que três tremores foram sentidos entre as 03:15 e as 03:50 locais (02:15 e 02:50 em Lisboa). O primeiro sismo, que durou pelo menos cinco minutos, foi o mais forte.

O terramoto foi sentido em Walungu, a 70 quilómetros a noroeste de Bukavu.

A 3 de fevereiro de 2008, um tremor de terra no leste da República Democrática do Congo fez 45 mortos – sete no Kivu do Norte – e 38 no Ruanda, e centenas de pessoas ficaram feridas nos dois países.