As autoridades de Bihar, um dos estados mais pobres da Índia, estão a pedir tanto a ricos como a pobres que comecem a comer ratos para combater a crise alimentar. O Governo indiano incita mesmo à colocação da «iguaria» nos cardápios dos restaurantes, refere o site adn.es.

«Comer ratos servirá dois propósitos: impedirá que os ratos comam os grãos e simultaneamente elevará as reservas de arroz», afirmou Vijav Prakash, um responsável do departamento de assistência pública do Estado.

De acordo com as autoridades quase 50 por cento das reservas de grão na Índia são comidas por roedores tanto nos campos como nos armazéns. Jitan Ram Manjhi o ministro do Bem-Estar das Castas e Tribus de Bihar, assegurou que comer ratos é uma alternativa saudável ao arroz.

«Estamos a falar muito a sério quando perspectivamos implementar este projecto já que a crise alimentar está a crescer de dia para dia», afirmou Manjhi, que já comeu ratos. Em Bihar, rato é a comida dos «mushars», um grupo de classe inferior aos hindus, e dos estratos mais baixos da sociedade.