Quatro homens armados raptaram no domingo um empresário moçambicano, na Matola, cidade-satélite da capital, Maputo, no segundo caso de sequestro conhecido este ano, revelou o principal diário do país, o «Notícias».

Segundo o jornal, os raptores foram buscar o empresário à sua residência, mas no ataque um vizinho da vítima diz ter reconhecido entre os assaltantes um polícia que presta serviço na Machava, subúrbio da Matola.

A presença do agente levou os moradores a pensarem estar a ocorrer uma prisão e não um rapto, adiantou o jornal.