Duas crianças salvaram o irmão de dois anos de ser raptado na localidade de Sprague, nos Estados Unidos. Toda a cena foi apanhada pelas câmaras de videovigilância.
 
O raptor fugiu de um parque infantil com o bebé nas mãos, mas foi perseguido aos gritos pelas crianças, de 8 e 10 anos.
 
Foi isso mesmo que chamou a atenção de duas pessoas desta pequena cidade do estado de Washington. Duas pessoas acabaram por abordar o homem, que largou o bebé no chão e fugiu.
 
«Eu disse à menina: Querida, fizeste exatamente o que devias, gritar com os teus pulmões. Foi isso que salvou aquele bebé. Os gritos dela e a nossa perseguição», contou Dorothy Giddings, uma das pessoas que interveio.
 
«Quando uma pessoa percebe que há uma menina a correr atrás dele, ele está a correr para um beco com o bebé, algo não está bem», completou Andrew Crane, a outra testemunha que impediu o rapto.
 
Tudo aponta para que as crianças estivessem num parque infantil sem vigilância de adultos. O homem terá conversado com os três irmãos durante um bocado e depois tirou o bebé do carrinho e fugiu.
 
O pai garante que deixou as crianças entregues a uma babysitter. «Não consigo explicar a sensação, a ansiedade e tudo o que acontece quando se percebe que o nosso filho está desaparecido ou que lhe aconteceu alguma coisa», contou Michael Wright.
 
As autoridades continuam à procura do raptor, que terá cerca de 30 anos e não seria da cidade de Sprague.
 
O bebé não sofreu qualquer ferimento.