A costa leste da China prepara-se, esta terça-feira, para a chegada do tufão Matmo, com o encerramento de hotéis e suspensão de obras, depois de o Rammasun ter provocado a morte de 33 pessoas no sul do país este fim de semana.

Segundo um comunicado das autoridades meteorológicas chinesas, está previsto que o Matmo chegue à ilha de Taiwan esta noite, antes de assolar a província oriental de Fujian, onde começam a ser tomadas medidas de precaução.

Matmo, o décimo tufão a afetar a China este ano, move-se a uma velocidade entre 20 e 25 quilómetros por hora, acompanhado de ventos de 144 quilómetros por hora, e ao início da madrugada de hoje encontrava-se a cerca de 500 quilómetros da costa sudeste de Fujian.