A queda de relâmpagos provocou a morte a 93 pessoas na Índia em apenas dois dias, de acordo com a AFP. 

A maioria das mortes ocorreu na província de Bihar. Cinquenta e seis pessoas perderam a vida e 28 ficaram feridas. 

As outras 37 vítimas foram atingidas em Uttar Pradesh, Jharkand e Madhya Pradesh.

Mais de 2500 pessoas perderam a vida desde 2014, devido a este fenómeno da natureza, muito comum na Índia entre os meses de junho e outubro.