Pelo menos 21 pessoas morreram na sexta-feira num novo ataque de presumíveis islamitas radicais do Boko Haram numa aldeia do Estado de Borno, no nordeste da Nigéria, relataram hoje vários habitantes.
 

"Os terroristas atacaram Maikadiri cerca das 09:00 (de sexta-feira, mesma hora em Lisboa) e atiraram sobre cidadãos. (...) Mais de 20 pessoas foram mortas", relatou Simon Templer, um habitante da aldeia refugiado em Maiduguri, a capital do Estado onde um responsável da polícia confirmou o ataque.


Os atacantes "sitiaram [a aldeia] à luz do dia, porque não há soldados nem polícias por perto. Nós contámos 21 corpos após o ataque", disse Markus Ali, outro residente.