"Os terroristas atacaram Maikadiri cerca das 09:00 (de sexta-feira, mesma hora em Lisboa) e atiraram sobre cidadãos. (...) Mais de 20 pessoas foram mortas", relatou Simon Templer, um habitante da aldeia refugiado em Maiduguri, a capital do Estado onde um responsável da polícia confirmou o ataque.

Os atacantes "sitiaram [a aldeia] à luz do dia, porque não há soldados nem polícias por perto. Nós contámos 21 corpos após o ataque", disse Markus Ali, outro residente.