A lenda do Blues, Ben E King morreu, esta quinta-feira, aos 76 anos. O cantor foi um dos compositores do clássico mundial "Stand by Me", e um dos seus intérpretes.



Foi com “The Drifers” que Benjamim Earl Nelson iniciou a carreira de cantor. Época marcada por êxitos como “There Goes My Baby” e “Save The Last Dance for me”.

Em 1962, um ano depois de começar a carreira a solo, lança a sua música mais conhecida que o deixou nas bocas do mundo: “ Stand By me”.

No período entre 1961 e 1975, a estrela do R&B viu seis das suas músicas no top 40 da Billboard americana.

A partir dessa data, foram as bandas pop inglesas que começaram a dominar o cenário mundial deixando Ben E King para trás.

Cinco anos mais tarde, em 1980, volta a estar nas luzes da ribalta com a entrada de “Stand by Me” no filme com o mesmo nome.

Gary US Bonds, companheiro musical, escreveu no Facebook que o cantor era “um dos mais doces, gentis e talentosos” que teve o privilégio de conhecer.

«Posso dizer que a perda do Ben E foi pior do que as palavras podem dizer. Nossas sinceras condolências para a Betty e para toda a família.
Obrigado Ben por toda a tua amizade e pelo maravilhoso legado que deixas.”
 

O agente do cantor confirmou ao "The Telegraph" que Ben E King morreu de causas naturais.