Um instrutor de queda livre morreu depois de saltar de um avião, no Mississippi, devido a uma falha do paraquedas, informa a CNN. O homem de 66 anos efetuava um salto tandem (quando duas pessoas saltam acopladas) e o seu aluno sofreu ferimentos graves.

O corpo do instrutor foi encontrado num pântano a 1km do aeroporto de onde partiram. O aluno está em estado crítico com vários ossos partidos e ferimentos na cabeça. O instrutor e o aluno saltaram num grupo com mais três pessoas na manhã de sábado.

O instrutor e o aluno eram os únicos a fazer um salto a dois. Os outros paraquedistas notaram que os dois estavam com algumas dificuldades com o equipamento, talvez um problema com as linhas, mas não se aperceberam da gravidade da situação até que ao aterrarem perceberam que os dois não chegaram ao local.