O "número dois" da representação diplomática da Coreia do Norte na ONU afirmou que o país planeia lançar vários satélites e acusou Washington de tentar bloquear os seus esforços para alcançar um desenvolvimento espacial pacífico.

Kim In Ryong disse na terça-feira, durante uma reunião da comissão da Assembleia-geral sobre “International Cooperation in the Peaceful Uses of Outer Space", que o plano quinquenal do país para 2016-2020 inclui o desenvolvimento de “satélites práticos que possam contribuir para o desenvolvimento económico e melhoramento das condições de vida das pessoas”.

O responsável indicou que a Coreia do Norte faz parte de vários tratados espaciais e as atividades de desenvolvimento espacial têm “todas bases legais, em todos os aspetos”.