Um jovem norte-americano que se preparava para participar nos protesto em Baltimore, desencadeados pela raiva sobre a morte de um jovem negro às mãos da polícia, foi retirado à força do local pela mãe. A mulher já foi nomeada como «a melhor mãe do mundo».

O caos instalou-se após o funeral do jovem de 25 anos, realizado esta segunda-feira. Freddie Gray estava sob custódia policial e  morreu com uma lesão na coluna vertebral. 

Foi durante este tumulto que um jovem vestido de negro, de cara tapada, que se preparava para atirar pedras à polícia, foi agarrado por uma orelha e obrigado pela mãe a ir para casa. Toda a ação foi gravada em vídeo. 

«O que é se passa contigo», gritou a mulher, enquanto milhares de pessoas assistiam. 


O jovem ainda tentou voltar para os protestos, mas a mãe voltou a repreendê-lo. 

«Queres ficar aqui a fazer esta *****? Vem já para aqui. Ouviste o que eu disse?»


Apesar de ter agido com alguma violência, a mulher tem sido elogiada nas redes sociais por ter retirado e protegido o filho daquela situação perigosa e tensa.