O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai promulgar em breve a lei de sanções contra a Rússia, anunciou hoje o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, de visita à capital da Geórgia.

Brevemente, o presidente Trump vai formalizar definitivamente as sanções contra a Rússia, constituindo um sinal claro para todos os nossos aliados”

Pence falava numa conferência de imprensa em Tbilissi, após um encontro com o primeiro-ministro da Geórgia, Guiorgui Kvrikasviliu.

O político indicou que os Estados Unidos gostariam de levantar as sanções e manter boas relações com o Kremlin, mas que tal só vai ser possível depois de a “Rússia denunciar às ações destrutivas”.

Donald Trump acabou por ceder e vai aplicar esse endurecimento de sanções devido à sua alegada interferência nas eleições de novembro nos Estados Unidos, as suas ações na Ucrânia e na Síria, e as suas violações de direitos humanos. O projeto-lei limita a capacidade de o presidente norte-americano de as levantar sem aprovação do Congresso.

Há tensão no ar.  Há dois dias, o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou que vai expulsar mais de 750 diplomatas norte-americanos do país, a partir de 1 de setembro. Os EUA reagiram, dizendo que a decisão é