Dezenas de anúncios foram exibidos durante a 49ª edição do Super Bowl que aconteceu esta segunda-feira de madrugada, no estádio da Universidade de Arizona em Phoenix, que sagrou os Patriots como vencedores. Para que as suas publicidades fossem exibidas durante o espetáculo, as marcas não se pouparam a esforços nem despesas para fazer os melhores anúncios do ano, tendo pago cerca de 4,5 milhões de dólares (aproximadamente 3,7 milhões de euros) por cada 30 segundos de anúncio.

Deixamos-lhe agora a lista dos 10 anúncios que marcaram o Super Bowl deste ano, de acordo com vários sites internacionais, como o Business Insider e o Washington Post. Se gosta de publicidade e quer ver todos os anúncios, visite a página do Youtube criada especialmente para o evento.

1. Dove

A homenagem aos pais foi um ponto em comum em vários anúncios transmitidos durante o Super Bowl e a linha de produtos de higiene pessoal e beleza não quis ficar de fora. Num anúncio que designou de «a verdadeira força», a marca mostra o que é ser pai e «os aspectos multidimensionais da masculinidade que definem o que significa ser um homem nos dias de hoje».

 

2. BMW

O anúncio da famosa marca alemã de automóveis, mostra uma verdadeira viagem no tempo. A publicidade, que foi desvendada a 26 de janeiro, mostra imagens de 1994 do famoso «Today Show» em que os apresentadores Katie Couric e Bryant Gumbel ficam perplexos com a a internet. Em 2015, os mesmos apresentadores tentam compreender o conceito do novo modelo da marca: o BMW i3. 

 

3. Coca Cola

#MakeItHappy. O lema deste ano da campanha da marca de refrigerantes é fazer o mundo feliz e por isso mesmo criou um anúncio que pretende combater o efeito negativo e persuasivo dos media e da internet nos consumidores.

 

4. Snickers

Mais uma viagem ao passado. Graças a alguns truques digitais, é possível voltar à casa de Marcia, do «The Brady Bunch», onde esta se mostra chateada com o facto de ter o nariz arruinado por uma bola de futebol. Mas Marcia é afinal Danny Trejo, de «Sons of Anarchy», que desaparece com uma barra de Snickers.



5. Clash of Cans

Com Liam Neeson a mostrar a sua habilidade para o jogo multiplayer, o anúncio mostra a «realidade» vivida nas aldeias virtuais. 




6. P&G

«O que é fazer as coisas como uma rapariga?» A pergunta foi feita a rapazes e a raparigas e a resposta pode surpreender aqueles que pensam nas raparigas como o «sexo fraco».



7. Kia

«Kia Motors Company» transformou Pierce Brosnan na cara do anúncio do redesenhado modelo, Kia Sorento, deixando de fora todos os efeitos especiais a que «James Bond» está habituado.

 

8. Mc Donald's

O anúncio da cadeia de fast food derrete corações. Inspirada pelo dia dos namorados, a marca quer «cultivar» o amor nos clientes e pede-lhes que usem as emoções na hora de pagar a refeição. Um «amo-te», um beijo, ou até mesmo um sorriso, são aceites como forma de pagamento. 

 

9. T-Mobile

A empresa alemã de telemóveis elegeu Kim Kardashian para o novo anúncio da marca. «Todos os meses, milhares de dados móveis são desperdiçados. Que tristeza. Os dados que pagou podiam ser usados para ver a minha maquilhagem, as minhas roupas, as minhas férias. Infelizmente foram todos perdidos. Por favor, ajude a salvar dados», afirma a socialite no novo anúncio que quer combater a perda dos dados pagos não utilizados. 

 

10. Victoria's Secret 
 
Depois de sete anos afastada do Super Bowl, a marca de lingerie e produtos de beleza, fundada por Roy Raymond, utilizou algumas das mais conceituadas modelos, como a Adriana Lima e Alessandra Ambrosio, no seu regresso ao conceituado espaço publicitário. «O Super Bowl é a melhor oportunidade para a Victoria Secret fazer um "lembrete" global de que o dia dos namorados está ao virar da esquina», afirmou o CEO da marca, Sharen Jester, ao AdAge.