Um manifestante anti-governamental foi morto nesta terça-feira na Tailândia durante um protesto em Banguecoque, naquela que foi a primeira morte resultante dos conflitos políticos no país em várias semanas.

A vítima chegou ainda com vida ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos, provocados por disparos de um atirador não identificado, segundo a Reuters. Houve ainda mais quatro feridos.

São já 24 as vítimas mortais desde que em novembro os protestos saíram à rua, apelando à demissão da primeiro-ministra Yingluck Shinawatra.