No dia em que o Conselho de Segurança das Nações Unidas vota o projeto de resolução sobre um cessar-fogo na Síria, várias organizações humanitárias protestaram à porta da sede da ONU, em Nova Iorque.

Inspirados nos cartazes do filme “Três Cartazes à Beira da Estrada”, de Martin McDonagh, nomeado para os Óscares, à volta do edifício circularam três carrinhas, com cartazes onde se lê:

“Como é possível Conselho de segurança?”

 

“Ainda não há ação?”

 

“500 mil mortos na Síria”

 

Nos últimos dias, a situação em Ghouta, agravou-se. Desde domingo já morreram mais de 400 pessoas, 91 são crianças.

VEJA TAMBÉM:

As Nações Unidas discutem um cessar-fogo no país e o documento deve ser votado esta sexta-feira. Mas o acordo está difícil. As autoridades da Rússia já se manifestaram contra a proposta no Conselho de Segurança que prevê uma trégua de 30 dias, uma medida apoiada pelos Estados Unidos. 

Durante a reunião, o embaixador russo nas Nações Unidas, Vasyl Nebenzia, deu a entender que o governo de Vladimir Putin vetará o texto se for submetido à votação nas próximas horas, como querem seus impulsionadores, Suécia e Kuwait. 

O embaixador russo defendeu também a ofensiva governamental sobre Ghouta Oriental, dadas as ações de grupos jihadistas.