Dois jovens lançaram ovos contra Durão Barroso em protesto contra as políticas europeias.

O presidente da Comissão Europeia escapou ileso da agressão e os jovens foram expulsos da sala onde decorria um evento, em Liège, no leste da Bélgica.

Antes os mesmos jovens tinham usado da palavra para criticarem as medidas de austeridade da União Europeia.

Ao lançarem os ovos disserem que as quintas europeias perdem dinheiro por cada ovo que vendem devido às políticas de Bruxelas.

Os jovens também criticaram as políticas europeias para a imigração e responsabilizaram Durão Barroso pelas mortes ao largo da ilha de Lampedusa.