As autoridades do estado mexicano de Guerrero, no sul do país, ordenaram, este sábado, a evacuação, por prevenção, de zonas consideradas de risco por causa das fortes chuvas.

A subsecretaria da Proteção Civil do estado determinou a evacuação «face à probabilidade dos rios, canais e lagoas transbordarem e da ocorrência de deslizamentos de terras devido às intensas chuvas», indicou o governo estatal em comunicado.

A decisão foi tomada numa reunião liderada pelo governador de Guerrero, Ángel Aguirre Rivero, durante a qual se avaliou a situação criada pela baixa pressão que se formou junto à costa daquele estado mexicano que irá provocar intensas chuvas, segundo as previsões do Serviço Meteorológico Nacional.