O presidente da Grécia, Prokopis Pavlopoulos, deverá anunciar a data das próximas eleições esta sexta-feira, colocando um fim às tentativas frustradas de tentar formar um governo minoritário entre a oposição, depois da demissão do Executivo de Alexis Tsipras na última semana.

Segundo a agência Reuters, que cita um oficial da presidência, a juíza do Supremo Tribunal, Vassiliki Thanou, deverá ser nomeada primeira-ministra interina até ao sufrágio, que deverá acontecer a 20 de setembro.

Se Thanou chegar a PM, será a primeira vez que uma mulher ocupa o cargo na Grécia, ainda que por pouco tempo.

“[A data das eleições] será provavelmente 20 de setembro. O presidente quer que o processo seja rápido e que as eleições se realizem o mais rapidamente possível.”


Durante os últimos dias, o presidente tentou que a oposição chegasse a um entendimento, para evitar uma nova ida às urnas apenas sete meses desde as últimas eleições.