Um jovem decidiu responder à violência policial contra os negros nos Estados Unidos com abraços. É isso mesmo. O “Free Hugs Project” é uma iniciativa que pretende espalhar amor, inspirar e despertar consciências através de vídeos inspiracionais.

Ken Nwadike, de San Diego, o autor do projeto, é um amante de corridas e criou o projeto após o atentado na maratona de Boston em 2013. Com uma câmara e um cartaz a dizer “Abraços grátis”, filma esses momentos e os vídeos acabam por tornar-se virais no Youtube.

Quando vi a devastação de 2013 na Maratona de Boston, fiquei determinado em participar na corrida seguinte. Falhei a qualificação por 23 segundos e, por isso, decidi participar de uma forma diferente. Dei abraços grátis aos maratonistas como encorajamento durante a prova”, explica na página do projeto.