As autoridades da Malásia anunciaram que aqueles que criticam ou ridicularizam o Governo ficam proibidos de viajar para o estrangeiro durante três anos de modo a “salvaguardar a imagem do país”, revela esta quarta-feira a imprensa local.

“Quem desprestigiar o Governo ou o denegrir de alguma maneira será proibido de viajar para o estrangeiro”, disse o departamento de Imigração ao jornal The Star.

Esta proibição está a ser imposta há vários meses e aplica-se também aos que criticam o Governo a partir do estrangeiro, sendo efetiva a partir do momento que regressam à Malásia.