Os investigadores da ONU que analisam o alegado uso de armas químicas no bombardeamento ocorrido no dia 21 nos arredores da capital síria terminará o trabalho na sexta-feira e deixará o país no sábado, anunciou hoje a ONU.

«A equipa investigará até sexta-feira e sairá da Síria no sábado de manhã. Informar-me-á de imediato assim que saia da Síria», disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, durante uma homenagem de que foi alvo na câmara municipal da capital austríaca.

O secretário-geral das Nações Unidas adiantou que falou na quarta-feira com o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre a crise síria, para partilhar informação e transmitir-lhe o desejo da ONU de que se dê tempo aos inspetores para terminarem o seu trabalho.