Uma viúva de 75 anos foi condenada a 40 chicotadas e quatro meses de prisão, na Arábia Saudita, por ter se ter envolvido com dois homens que lhe levariam pão, refere a Lusa.

Khamisa Sawadi, uma síria que era casada com um saudita, foi acusada e condenada na semana passada por se encontrar com dois homens mais novos que não eram seus parentes directos.

Também os dois homens foram condenados a prisão e chicotadas.

O advogado da viúva, Abdel Rahman al-Lahem, disse que vai recorrer da sentença e que vai pedir que Sawadi seja extraditada depois de cumprir os quatro meses de prisão, recusando dar mais informações.

A interpretação do Islão na Arábia Saudita proíbe homens e mulheres que não sejam parentes próximos de se envolverem.

Esta viúva de 75 anos conheceu os dois homens de 24 em Abril, pedindo-lhes que trouxessem cinco fatias de pão, informou um jornal local.

Os homens foram detidos, logo depois de terem entregue o pão, pela polícia religiosa.