Pelo menos dez presos morreram numa explosão causada por uma granada na quinta-feira à noite numa cadeia nos arredores de Manila, nas Filipinas, noticiaram esta sexta-feira meios de comunicação locais.

Segundo um chefe da polícia, citado por um jornal, a explosão ocorreu quando um grupo de presos esperava numa sala para falar com o diretor da prisão de Parañaque depois de terem sido informados que iam ser transferidos para outra cadeia.

As autoridades admitem que a explosão possa estar relacionada com uma tentativa de fuga.

Como escreve a Associated Press, entre os mortos estão dois traficantes chineses e outros presos condenados por roubo e homicídio. O diretor da prisão ficou gravemente ferido.