Um dos autores dos ataques do 11 de setembro, Khalid Sheikh Mohammed, perguntou aos guardas americanos da prisão romena se podia usar a sua perícia em engenharia mecânica para redesenhar um aspirador, revelou a Associated Press.

À medida que a inteligência de Khalid Sheikh Mohammed se perdia, a CIA na Roménia tentou encontrar maneiras de o ocupar. «Não queremos que eles (os prisioneiros) fiquem malucos», disse um oficial da prisão.

Para entreterem o homem, deram-lhe «trabalhos de casa», como lhe chamam os oficiais da CIA. O homem foi presenteado com chocolates e permitiram que lesse a saga de Harry Potter completa.

No entanto, continua desconhecida a razão do interesse em reconstruir um aspirador. Também é surpreendente a forma como os desenhos parecem ser tão avançados e competentes.

A CIA disse à Associated Press que os planos do detido com a construção do aspirador devem ser classificados informação e documentos operacionais da CIA e, portanto, isentos de tornados públicos.

Contudo, a CIA teve sucesso em manter o homem são. Aparentemente está de boa saúde, de acordo com registos militares citados pela agência.