Cerca de 450 reclusos da prisão de alta segurança de Puente Grande, no estado mexicano de Jalisco, sofreram uma intoxicação alimentar e tiveram que receber assistência médica, informaram fontes oficiais.

De acordo com um comunicado da Secretaria de Segurança de Jalisco, a situação dos cerca de 450 reclusos é agora «estável».

«Nenhum (caso) é considerado grave e não foi preciso transferir ninguém», refere o documento, sem especificar a prisão em causa, embora a imprensa local indique tratar-se da de alta segurança de Puente Grande.