A princesa Charlotte, a filha mais nova dos duques de Cambridge, foi batizada este domingo na igreja de Santa Maria Madalena, em Sandringham, Norfolk, onde a avó, a princesa Diana, recebeu o mesmo sacramento em 1961.

O casal chegou à igreja acompanhado pelos dois filhos faltavam poucos minutos para as 16:30, hora da cerimónia. Kate Middleton empurrava o carrinho com Charlotte, enquanto o príncipe William caminhava de mão dada com o príncipe George. 

À entrada na igreja, os duques e os filhos encontraram-se com os padrinhos de Charlotte - Sophie Carter, James Meade, Adam Middleton, Laura Fellowes e Thomas van Straubenzee -  e com a família que foi convidada a assistir ao batizado. O príncipe Harry foi o grande ausente da cerimónia por se encontrar em África, dedicado a projetos de conservação e vai estar ausente de Inglaterra durante três meses, com viagens na Namíbia, África do Sul, Tanzânia e Botswana. 
 
O príncipe George usava um fato que fez lembrar o que o pai, o duque de Cambridge, usou no dia em que conheceu o irmão, o príncipe Harry. Desenhado por Rachel Riley, o fato vermelho e branco é idêntico ao que o príncipe William usou e esta não é a primeira vez que tal acontece. Na cerimónia Trooping the Colour o pequeno príncipe já tinha surgido na varanda do  Palácio de Buckingham com um fato azul anteriormente usado pelo pai. 

Já a princesa Charlotte foi transportada num carrinho vintage, da marca Millson, e que foi usado pela Rainha Isabel com os filhos, os príncipes André e Eduardo, nos anos 50.

 
A filha mais nova dos duques de Cambridge usou a mesma roupa que usou o irmão no batizado, uma réplica de um vestido vitoriano feito pela costureira Angela Kelly, em 2004. De seda, com um laço, o original foi utilizado em todos os batismos reais de 1841 até 2004, ou seja, foi usado por 62 bebés antes de se "reformar".

O banho com a água batismal foi vertido de um vaso de prata dourada, que faz parte das joias da coroa e tem sido usada em quase todos os batizados desde 1841. A água do rio Jordão, onde Cristo foi batizado por João Batista, foi levada de avião para a Grã-Bretanha.