A polícia de Singapura anunciou, esta segunda-feira, que está a investigar uma ameaça de morte ao primeiro-ministro, depois Lee Hsien Loong ter recebido, através do Facebook, fotografias de balas.

«A polícia confirma que foram apresentados relatórios e que há investigações a decorrer», disse à AFP um porta-voz da polícia de Singapura, sem disponibilizar mais detalhes sobre as publicações das fotografias que tinham tags com o primeiro-ministro Lee Hsien Loong.

As ameaças de morte online contra líderes são raras em Singapura, onde há leis muito restritivas sobre o uso de armas.