A criança conhecida por ser “mascote” da campanha presidencial do candidato democrata Bernie Sanders faleceu vítima da síndrome morte súbita infantil, no final de fevereiro.

Susan Lomas, apoiante do candidato democrata às presidenciais dos Estados Unidos, transformou o filho, Olvier, na “mascote” da campanha. No passado dia 14 de fevereiro, foi a um comício em Las Vegas e levou o bebé, então com três meses e meio, mascarado de Bernie Sanders. A criança usava roupa, uma peruca branca e óculos como o candidato democrata.

A imagem caricata do pequeno Oliver conquistou o candidato democra e as fotografias desse momento correram mundo, tornando-se virais na internet.

A notícia do desaparecimento da criança está a abalar os apoiantes do candidato e os cibernautas que continuavam a criar imagens de apoio a partir das fotografias do Baby Bernie.

Segundo o relato da tia, o bebé terá falecido no passado dia 25 de fevereiro com quatro meses de idade. “O Oliver era uma criança alegre, bem-disposta e carinhosa. Todos os que tiveram oportunidade de estar com ele provaram isso mesmo”, disse a Anastasia Lomas citada pelo Washington Post.

“Ele era extremamente saudável mas a trágica morte súbita durante o sono levou-o cedo demais”, disse.

 

Oliver Jack Carter Lomas... I love you dearly, I love you most. I love you with all my heart and soul. I know that God will keep you near since God and truth are here.

Publicado por Souxsie Lomas em  Segunda-feira, 29 de Fevereiro de 2016

Oliver Jack Carter Lomas... Amo-te profundamente. Amo-te muito. Amo-te do fundo do meu coração e alma. Sei que Deus te manterá por perto porque Deus e a verdade estão aqui", escreveu a mãe na sua página do Facebook esta segunda-feira.

A Síndrome de Morte Súbita Infantil é a principal causa de morte nos bebés. Na maioria dos casos não é possível de diagnosticar antecipadamente e a morte acontece sobretudo quando as crianças estão a dormir.