A Academia Sueca ainda “não conseguiu falar” com o compositor norte-americano Bob Dylan, distinguido na quinta-feira com o Prémio Nobel da Literatura, no dia em que atuou num concerto nos Estados Unidos.

“A Academia falou com o agente de Dylan e com o responsável pela digressão”, disse à France Presse Odd Zschiedrich, chanceler da Academia Sueca, que ainda "não conseguiu" falar com o premiado.

Bob Dylan atuou num concerto, na quinta-feira à noite, em Las Vegas no qual, segundo constataram os jornalistas presentes, cantou mas não se dirigiu ao público nem fez, de forma alguma, qualquer menção ao Prémio Nobel da Literatura.