Um recém-nascido dado como morto voltou a respirar cinco horas após dar entrada na morgue de um hospital em Campo Grande, estado brasileiro do Matao Grosso. O caso aconteceu na última segunda-feira.

A mãe do bebé é uma adolescente de 17 anos e estava com uma gestação de apenas seis meses. Foi ao hospital por causa de contrações e os médicos optaram por lhe fazer um parto de urgência.

A médica que a assistiu declarou que a criança estava morta e não apresentava sinais vitais, avança o portal «R7». O bebé foi levado para a morgue e, quando estava sendo preparado para o velório, um funcionário notou que voltou a respirar.

O recém-nascido, entretanto batizado de Lázaro, foi internada na unidade de cuidados intensivos e deve ficar internado mais três meses. A direção do hospital está a investigar o caso.