Um tubarão azul foi morto, em Palma de Maiorca, depois de ter assustado os banhistas durante o fim de semana, na praia de Can Pastilla. A permanência do animal na água levou à evacuação das praias mais próximas.

De acordo com o jornal The Guardian, o animal foi avistado pela primeira vez no sábado, perto dos banhistas, nas águas da praia de Can Pastilla. Depois de dado o alerta, os nadadores-salvadores pediram às pessoas para não entrar na água, porque o animal já demonstrava estar desorientado.

A captura do tubarão foi feita por uma equipa de resgate do aquário de Palma, que referiu que esta “foi a quinta vez que o animal tentou matar na costa maiorquina”.

O tubarão acabou por ser abatido no domingo, por volta das 17:00 locais (16:00 em Portugal).

O Diario de Mallorca explicou que o animal foi encontrado com uma ferida na cabeça, causada possivelmente por um arpão. Segundo os especialistas da equipa de resgate, o animal parecia estar a morrer.

Depois da morte do animal, apurou-se que este tinha um anzol na boca que lhe causou danos irreversíveis.

Uma pessoa, presente na praia, fez uma publicação no Facebook aquando do incidente. Na publicação, Esther Sánchez pede para que todos saiam da água.

Todos fora da água! Os nadadores-salvadores da praia Cala Major gritaram, bandeira vermelha, há três tubarões e o mais pequeno tem um metro e meio de cumprimento. Estamos à espera! Que pena que eles tenham de chegar perto deles porque estamos a acabar com o seu ecossistema e eles deviam sobreviver. Especialistas estão a atuar agora mesmo, num barco e em motos de água, espero que não os matem”.  

Esta espécie de tubarões pode medir até quatro metros de cumprimento.