Hoje, o mundo assistiu a um eclipse solar «híbrido», ou seja, é maior ou menor dependendo do local de onde é observado.

Em Portugal, há oito anos que não era visível um evento destes. Por terras lusas, só foi possível assistir ao fenómeno de forma parcial e através de telescópios com filtros especiais.

O eclipse «escureceu» vários lugares do mundo. Da Europa, a África, aos Estados Unidos. No enatnto, apenas no Quénia houve «escuridão total» e, mesmo assim, só durou dez segundos.

Veja algumas imagens do eclipse registadas em África.