Um sem-abrigo assaltou um banco nos arredores de Portland, nos Estados Unidos, com o objetivo de ser detido e receber assistência médica na prisão.

Segundo a CBS Seattle, Timothy Dean Alsip, de 50 anos, entrou numa dependência do Bank of America na sexta-feira passada. «Entregou uma nota que dizia: "Isto é um assalto. Dê-me um dólar"», contou o porta-voz das autoridades locais, Mark Nikolai.

Em vez de fugir, o sem-abrigo sentou-se e esperou tranquilamente pela polícia. Quando foi detido, explicou aos agentes que tudo o que pretendia era receber assistência médica na prisão.

Sem antecedentes criminais, Timothy Dean Alsip foi acusado de roubo, mas as acusações foram entretanto retiradas. Mantém-se, no entanto, preso porque não tem dinheiro para pagar a fiança estipulada pelo juiz em 40 mil dólares.

O «The Oregonian» conta ainda que, antes do insólito assalto, o sem-abrigo pediu a várias pessoas para ligarem para o número de emergência queixando-se de «problemas imaginários».