O presidente ucraniano Petro Porochenko prorrogou por 72 horas a trégua com os separatistas pró-Rússia no leste do país, notícia o jornal «Ukrainska Pravda».

De acordo com a AFP, a trégua proclamada unilateralmente pelo presidente da Ucrânia terminava às 19:00 TMG (20:00 de sexta-feira em Lisboa).

A decisão foi tomada depois de uma consulta urgente de Porochenko aos principais responsáveis da defesa, efetuada após o regresso a Kiev, depois de ter assistido a uma cimeira da União Europeia em Bruxelas.

110 mil ucranianos já fugiram para a Rússia, desde o início do ano

Cerca de 55 mil pessoas foram deslocadas na Ucrânia e 110 mil fugiram para a Rússia, anunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os de Refugiados (ACNUR).

«Desde o início do ano, 110 mil ucranianos chegaram à Rússia, e 750 já pediram asilo à Polónia, Bielorrússia, República Checa e Roménia», disse a porta-voz do ACNUR, Melissa Fleming.

Em Washington, por seu turno, a porta-voz do departamento de Estado, Marie Harf, questionou a credibilidade destes números, e disse que se registavam movimentos da população em ambos os sentidos na fronteira.