Uma professora mostrou, por engano, uma cassete de com conteúdo sexual, produzida pela própria, aos seus alunos. No mesmo dia, telefonou aos pais dos menores a desculpar-se pelo «incidente», escreve o jornal britânico «The Independent».

O incidente aconteceu na semana passada, numa turma de alunos com 12 e 13 anos de idade, em Little Rock, no Arkansas, EUA. Alguns pais estão indignados com o fato das autoridades nada terem feito em relação ao assunto, porque consideram que o pedido de desculpas não é suficiente.

«Agradeço o pedido de desculpas e aceito, mas alguém deve ser responsabilizado, para que não volte a acontecer», afirmou Nicholas Tolerson, pai de um dos alunos, ao canal de televisão local KARK-TV.

A escola fez saber, entretanto, que foi aberto um inquérito ao sucedido e que ainda está a ser avaliada a punição que pode ser dada à professora. O estabelecimento pretende também tomar medidas para que situações destas não se repitam.